Loading

E Agora Ele Vai Chegar...

Preparativos feitos, data marcada (ou não), a vovó já está chegando para ficar em casa ou o papai já está entrando em férias, enfim, tudo organizado para ao tão esperado momento.

Esperamos que a parte inicial da preparação esteja em ordem, ou seja, seu filho sabe que o irmãozinho está vindo para a alegria de todos, mas que vem acompanhado de alguns choros, visitas, etc.

Procure organizar a vida de seu filho dentro da rotina, sem grandes alterações, mantendo-o preferencialmente em casa, indo normalmente para a Escola, acordando e dormindo nos mesmos horários habituais. Isto, sem duvida, já será um conforto para ele.

No dia de ir para a maternidade, é impossível dizer que deve estar tudo calmo, sem ansiedade, pois isto não vai acontecer. Por isto, é importante a manutenção da rotina, pois enquanto a criança está na Escola, os pais podem cuidar de todos os outros afazeres e detalhes sem demonstrar preocupação ou nervosismo.

Se possível, a vovó dorme com a mamãe na maternidade, enquanto o papai dorme em casa com o filho. Ou, ao contrario, se a vovó e a criança tiverem bastante intimidade. De nada adianta a vovó estar lá para oferecer segurança, se ela nem sabe onde fica o controle do vídeo.

Evite levar a criança na maternidade no primeiro dia, pois normalmente a mamãe não está muito bem disposta, e pode estar com aquela carinha de quem acabou de ter um bebê. Claro que a criança não vai gostar de ver a mamãe assim, porque seu irmãozinho tão esperado acabou de chegar, portanto, espere para leva-lo no dia seguinte, quando tudo já está melhor.

É recomendável que o irmãozinho traga um presente, pois quando vamos à casa de alguém para passar um tempo, costumamos levar uma lembrancinha. Compre, com antecedência, um brinquedo legal, que você já sabe que seu filho deseja e que poderá lhe fazer companhia naqueles momentos em que você estiver super ocupada com o bebê. Mostre o bebê com alegria, mas sem tanta ênfase, pois para seu filho aquela criança não pode ser tão interessante quanto você quer mostrar que é. Deixe que ele toque, coloque sentado no colo, ops, coloque seu filho sentado e o bebê no colo. Não há porque provar as habilidades maternais de seu filho com um bebê tão pequeno, portanto, não o deixe segurar o bebê sem estar sentado, ao menos que ele já tenha uns, digamos, quinze anos...

Após a visita, seu filho volta a vida normal, pois logo vocês estarão todos juntos em casa. Deixe alguns brinquedos de R$ 1,99 em casa, pois muitas visitas trarão presentes para o bebê, então você terá algumas coisinhas novas, sempre, para ele brincar.

Não deixe de levá-lo para a Escola e, pelo menos algumas vezes faca isso você mesma, pois é importante a vida continuar normalmente. Lembre-se de que a Escola é como um campo neutro, as emoções são diferentes das vividas em casa e, estão todos preparados para dar apoio a seu filho neste momento. Assim, ao chegar em casa, ele estará feliz, pois brincou, ganhou colo, e ai poderá lidar melhor com as novidades da casa. Procure dar banho, brincar, estar com seu bebê o máximo de tempo possível, enquanto a criança está na Escola, para estar mais disponível quando retornar. Também, é bom lembrar de não enfatizar que vai ficar o tempo todo em casa com o bebê, pois isto, é claro, vai gerar ciúmes. Caso seu filho não vá para a Escola algum dia, vai descobrir o que você faz enquanto ele não esta, daí poderá ser difícil voltar a seu ritmo normal.

Por ultimo: este é um momento lindo na família, então procure vivê-lo com calma, sabendo que todas as mudanças nos assustam no começo, mas só precisamos de tempo para nos adaptarmos a elas. E seu filho também.

Voltar

Rua Saldanha Marinho, 1836 e 1884 / Curitiba - PR