Loading

Meu Filho Não Para! Ele É Hiperativo?

Hoje temos um número imenso de crianças chamadas de hiperativas, mas são mesmo? Vamos diferenciar três tipos de crianças, para que possamos compreender melhores o que é hiperatividade.

CRIANÇA DE DOIS ANOS:

  • A - não obedece quando peço para descer do sofá, chora para ir para o banho e chora para sair dele, se joga no chão quando não dou o brinquedo no supermercado, espalha os brinquedos pela sala/quarto/cozinha e não quer ajudar a juntar, não quer dar a mão para andar na rua e se tento pegar, se joga no chão e grita;
  • B - senta 5 maior bagunça, canta, brinca, joga água, briga para sair, se vamos ao parque corre minutos para ver um filme e logo quer sair do lugar, no banho faz a por tudo, quer ver tudo, faz o papai e a mamãe suarem, se esta no quarto brincando, logo larga tudo e vai fazer outra coisa;
  • C - não dorme bem, se bate, tem sono agitado, não consegue parar sentada na hora das refeições, mesmo quando a brincadeira esta legal não permanece brincando, não “ouve” quando é chamada (sempre), corre pela casa sem estar brincando efetivamente de alguma coisa, não “consegue” ficar no colo, parece estar irritada muitas vezes.

Agora vamos tentar diferencia-las:

  • A - será que estamos conseguindo colocar limites? Parece que é isto que esta faltando, mas mesmo assim, podemos conversar com a Escola e saber seu comportamento, para verificar se ela consegue manter-se em atividade, parar quando solicitado e responder a ordens simples. Desta forma, poderemos definir se ela está com alguma dificuldade ou nós...
  • B - esta deve ser uma criança agitada. Como é o pai? E a mãe? Tem tios, avos e/ou primos que também são agitados? Seu dia-a-dia é agitado? Sua família consegue sentar junta para almoçar ou jantar calmamente ou tudo em casa é corrido e ansioso? Bem, esta criança pode ser agitada e/ou viver numa família agitada. Neste caso podemos rever como está o funcionamento da dinâmica familiar e tentar reorganizá-la. Também podemos pensar em atividades que auxiliem a criança a liberar tanta energia.
  • C - realmente neste caso teremos que avaliar a possibilidade de hiperatividade. Vamos considerar que os pais (e a babá, a vovó...) colocam limites, que a família tem uma rotina organizada, e que tudo aquilo acontece. A criança hiperativa está sempre em movimento, agita pés e mãos quando sentada, se mexe na cadeira (quando consegue ficar sentada), corre demais mesmo em situações em que isto não é adequado, não brinca sozinha e não permanece na brincadeira com os outros, está sempre “a todo vapor”, fala demasiadamente. Muitas vezes tem dificuldade no sono, sendo este entrecortado e agitado. Em função de tanta agitação, demonstra não prestar atenção ao que falamos, mas sempre sabe de tudo.

Tentamos ilustrar as diferenças entre os três tipos de criança, mas lembramos que, na duvida devemos buscar mais informações com a Escola, o pediatra, sendo necessário em alguns casos uma avaliação psicológica e neuropediátrica para o diagnostico correto.

Voltar

Rua Saldanha Marinho, 1836 e 1884 / Curitiba - PR