Loading

Qual A Idade Certa Para...

A cada dia nos deparamos mais com a ansiedade (natural) dos pais em saber se já está na hora de seu filho aprender a andar, falar, usar o banheiro, aprender a nadar, etc. Consideramos natural, pois nós adultos sabemos muito bem o que o mundo aqui fora reserva para eles, portanto queremos que estejam preparados para enfrentar as diversidades e enfim, serem felizes.

Vamos tentar levantar algumas das etapas que normalmente são discutidas pelos pais, lembrando que, para cada uma delas existe uma faixa etária média, que varia de criança para criança, sendo imprescindível respeitarmos as características individuais.

Andar sozinho- aproximadamente por volta dos 11 meses, a criança começa a manifestar os primeiros movimentos que a levarão a andar sozinha, o que poderá ocorrer até 18 meses, sem que signifique uma dificuldade. A estimulação adequada poderá fazer com que esta etapa ocorra mais cedo, por volta de um ano.

Largar a mamadeira- a indicação, unindo os aspectos psicológicos, ortodônticos, fonoaudiológicos, é de que, a partir de um ano a criança comece a utilizar copo com tampa em alguns horários, reduzindo o uso da mamadeira. Aos poucos, quando perceber que já consegue segurar bem o copo, pode ser retirada a tampa e, o liquido ser servido em pequenas quantidades. Desta forma, a mamadeira pode ser mantida apenas pela manhã e à noite, para aos dois anos e meio ser oferecida somente à noite. A partir dos 03 anos, pode ser retirada sem causar ansiedade, coincidindo com a época em que as fraldas noturnas poderão ser eliminadas.Comer sozinho- desde os 09/10 meses, podemos estimular a criança a usar a colher, enquanto nós a alimentamos. Desta forma, com 1 ano e meio ela já estará comendo com a colher com pouca ajuda do adulto e, aos 03 anos poderá comer sozinha. Aos quatro anos podemos ensiná-la a usar garfo e faca, mas ainda cortando os alimentos para ela. Por volta de 05/06 anos ela estará apta a cortar os alimentos, desde a consistência não seja muita dura.

Dormir sozinha- SEMPRE! De preferência desde o nascimento a criança deve dormir em seu próprio quarto. É claro que, em alguns momentos, ela solicitará a presença do papai ou da mamãe, pedirá uma história, enfim, desejará companhia. E isto é muito saudável, além de ser gostoso. Que mais? Tem tanta coisa, mas fica para depois.

Psic. Maria Helena Jansen de Mello Keinert - CRP 08/1252

Voltar

Rua Saldanha Marinho, 1836 e 1884 / Curitiba - PR