Loading

Solidariedade

Como ensinar solidariedade às crianças? Como fazer com que cresçam respeitando as pessoas, preservando o meio ambiente e, ao mesmo tempo cuidando de si mesmos?

A melhor maneira é com o exemplo que damos, pois se nos compadecemos de quem sofre, se respeitamos nossos funcionários, tratando-os como iguais, se não desperdiçamos comida/água, se tratamos bem os animais (mesmo quando não gostamos deles), enfim se nossa postura é ética, e sabemos conviver e compartilhar, estaremos sem duvida, ensinando isso às nossas crianças.

Infelizmente, não é isto que vemos no dia-a-dia, quando apesar de trabalharmos com as crianças o respeito à natureza, aos amigos, aos adultos, vemos muitas vezes que, conosco agem adequadamente, mas na frente dos pais, batem na babá ou mesmo na mãe, e tem atitudes contrarias ao que se espera deles. E, na maioria das vezes, os pais não se posicionam, mostrando a forma correta de agir. Claro, toda criança experimenta, faz arte, é impulsiva, mas dependendo da atitude do adulto, manterá ou não este comportamento.

Além do exemplo dos adultos, outra maneira de ensinar a criança, é fazendo com que participe ativamente de campanhas de solidariedade, como a que estaremos fazendo durante a próxima semana. A importância deste evento é que a própria criança faça suas doações, que ela escolha, em casa, com os pais, aqueles brinquedos que já não usa, as roupas que não servem mais, compreendendo que poderão ser úteis para outra criança que não teve a sorte de poder receber tudo isto dos pais.

Claro que, como nossas crianças são muito pequenas, não participarão da doação em si, mas poderão descobrir como é gostoso fazer algo de bom para alguém. Nesta semana, além da campanha, teremos varias outras atividades, mostrando sempre como é importante respeitar os amigos, os adultos, inclusive (ou talvez principalmente), aqueles que trabalham conosco. Os cuidados com os animais, com as plantas, com os bens (nossos e dos outros), além da importância de evitarmos desperdícios, lembrando que o que não queremos pode ser aproveitado por outras pessoas.

Contamos com a ajuda dos pais, acreditando que o pouco que façamos fará o mundo um tiquinho melhor. Abraços, Equipe KIDS.

Voltar

Rua Saldanha Marinho, 1836 e 1884 / Curitiba - PR