Loading

Você Vai Ganhar Um Irmãozinho, Que Legal!

Que legal para quem? Quando a mamãe conta que vem vindo um irmãozinho, logo vem todo mundo dizendo que vai ser legal, que vai ter alguém para ele brincar, que ele vai conversar, etc. MENTIRA!!!

Na verdade, vai chegar alguém para roubar a mamãe, que vai ficar sempre ocupada, alguém que vai receber um montão de visitas e presentes, que vai usar o berço que ate então era só dele, que vai chorar bastante e, também, não vai conversar nem brincar, pois bebes não brincam. Ah, e sabe aquelas brincadeiras legais de correr pala casa com o papai? Também não pode mais, porque o bebê está dormindo, PSIU!

Então, antes de mais nada, vamos cuidar do que dizemos, pois não há nada pior do que ter uma expectativa e depois, receber algo totalmente diferente do que esperávamos. É por isso, que muitas vezes o irmãozinho não é tão bem-vindo.

Vamos, claro, comemorar a novidade, e vamos faze-lo com vontade, pois alguém novo na família é sempre uma grande alegria, mas vamos permanecer atentos ao que será dito. Com muita habilidade, vamos começar, presenteando o filho com uma nova cama, ou um novo quarto, sem enfatizar que o dele agora é do bebê que vai chegar, porque ou o bebê está chegando roubando algo, ou ele nem é tão bom assim, já que pode ficar com o que não é mais útil. O mesmo com outros objetos e utensílios, que são da criança, e que passarão a ser do bebê.

Depois desta etapa, vamos começar a arrumar o quarto, roupinhas, lembrancinhas, etc, sem pretender que a criança curta tanto quanto a mamãe cada nova aquisição. Também, não devemos comprar a cada dia um presente, só porque foi preciso comprar algo para o bebê.

Vamos escolher o nome, podendo contar com a ajuda da criança, mas lembre-se de que, conforme o desenho da moda, ele poderá escolher PIKACHU, POWER RANGER, BARBIE, ou outro nome que não vai nos agradar muito, portanto, faça primeiramente uma seleção dos nomes aceitáveis e depois solicite a opinião de seu filho.

Conte para ele, que no começo o bebê não sabe brincar, mas que aos poucos vai aprender, como aconteceu com ele. Diga como pode ser divertido passear mais com o papai ou com a vovó, enquanto a mamãe vai cuidar do bebê. Mostre seus irmãos, os irmãos dos amiguinhos, os primos que tem irmão... mas, por favor, não mostre somente aqueles que brigam o tempo todo.

Bem, logo vamos nos preparar para a chegada do irmão. Aguarde...

Voltar

Rua Saldanha Marinho, 1836 e 1884 / Curitiba - PR